Proibida a entrada de menores de 16 anos.

Proibida a entrada de
menores de 16 anos.

SindGastrHô avalia o cenário à frente

Entrevista Luciano Martins - Novo presidente projeta ações sobre turismo e gastronomia

SindGastrHô avalia o cenário à frente

Luciano Martins é o novo presidente do Sindicato Empresarial de Gastronomia e Hotelaria (SindGastrHô) para o biênio 2022-2023. "Foi um convite da diretoria atual. Sou associado há anos e o sindicato tem isso de renovar a equipe. A ideia é trazer novos contatos, novos associados, novas ideias. Será um desafio pessoal também, minha primeira vez a frente de uma entidade", destacou Martins.

 

A entidade representa as cidades de Novo Hamburgo, Campo Bom, Dois Irmãos, Estância Velha, Ivoti e Sapiranga. O empresário do ramo gastronômico e eventos assume o sindicato em 1º de janeiro de 2022.

 


Natural de Novo Hamburgo, o empresário tem 45 anos, é casado e tem uma filha. Ele trabalha no setor de eventos desde 2002 e é proprietário do Martins Gastronomia há 10 anos.

Confira uma entrevista com o presidente eleito do SindGastrHô

JORNAL NH - O sindicato defende setores importantes para a economia local, quais ações pretende implementar?
Luciano: Vejo potencial enorme na Fenac, quero buscar aproximação, um diálogo para ver de que forma podemos fomentar, fazer com que estabelecimentos locais usufruam da estrutura dos eventos, como a própria Feira da Loucura por Sapatos, que vejo potencial ainda maior para termos mais opções locais. Temos também a Sulserve, penso que podemos trocar experiências, pegar expertise da Fenac e ver de que forma encaixar no nosso segmento.

JORNAL NH - E pretendem apostar em capacitações também?
Luciano: Com certeza. A atual gestão, que vai até 31 de dezembro, recentemente fez uma palestra para associados sobre LGPD. Queremos trazer palestras, cursos. E quando se perguntam "qual a vantagem em ser sócio do sindicato?" Podemos dizer que é uma construção de vantagens que poderá ser feita também para quem ainda vai entrar. É uma troca de experiências, palestras, integração com feiras, turismo. Além disso, tem as questões obrigatórias também, como negociações do dissídio. O sócio tem esta vantagem, o aconselhamento, somos o único interlocutor com poderes municipais, estaduais. E na pandemia, nunca fechamos portas para ninguém, atendemos a todos, sócios ou não. Foi um importante momento de união.

JORNAL NH - Como avalia o cenário atual de restaurantes, hotéis e bares. O que é preciso para efetivar a retomada?
Luciano: Muitas empresas fecharam, não conseguiram se sustentar, outras conseguiram. Mas uma coisa é certa, temos passivo para cumprir. Apesar das dificuldades, acho que o cenário atual é positivo. Temos uma expectativa boa, temos uma demanda reprimida que deve aquecer os setores, isso falando da nossa região. Viemos em uma crescente e devemos manter o otimismo. Mas sempre mantendo os pés no chão.

JORNAL NH - E caso tenhamos que "fechar as portas" novamente por conta de uma terceira onda do coronavírus, o que aconselha?
Luciano: Diante de complicações de novas variantes e mais restrições, não temos garantia que outras empresas não vão fechar a curto e médio prazo. Teremos que novamente buscar alternativas, nos reinventar. Algo que já vimos, o pessoal de modo geral foi bem criativo, buscou novas alternativas, tanto que muitos se mantiveram vivos, abertos e preservando empregos. Vejo que com a população vacinada, temos que seguir cumprindo todos os cuidados, protocolos e trabalhando.

JORNAL NH - Pretende apostar em novas parcerias e convênios? Quais?

Luciano: Queremos ampliar parcerias e convênios. A Prefeitura é o que temos de mais próximo, quando existir pautas relacionadas com governo do Estado também levaremos adiante. A Prefeitura é nosso elo e tem a Feevale também, que tem curso de Gastronomia. A região carece de profissionais e com esta retomada temos uma falta de mão de obra preparada e qualificada, por isso é importante o diálogo com universidades, como a Feevale.

JORNAL NH - Qual potencial de Novo Hamburgo e região nos setores de turismo e gastronomia? Acredita que podemos desenvolver mais? De que forma?

Luciano: Temos diversidade muito boa e qualificadíssima na gastronomia, temos que aproveitar. O turismo de negócios é o forte da região, mas o pessoal já vem trabalhando forte também no turismo de lazer. Existem rotas que estimulam o turismo, como a germânica, cervejeira. Temos bairros como Hamburgo Velho, segmentos importantes como o calçado. Acho importante unirmos todos os elos.

 

Confira a diretoria que assume a partir de 1º de janeiro de 2022

Diretoria:

Presidente - Marcos Luciano Martins (Martins Gastronomia)

Vice-presidente - Daniel Fernandes (King´s Kão)

Tesoureiro - Renan Alcides Rihl (RDR Comércio de alimentos)

Secretário - Jerri Brisch Santos (Restaurante Garfão)

Conselho fiscal:

Jander da Rosa - (J. da Rosa & Cia)

Tiago Sparremberger Bernardes - (Braga e Bernardes Alimentos)

Ioni Teresinha Zimmer - (Zimmmer Restaurante e Pizzaria)

Suplentes:

Elton Roberto Müller (Pão de Trigo Padaria e Confeitaria)

Amanda Jaqueline Machado (Veg & Tal Comércio de Alimentos)

Altair José da Silva (Hotel Spazio Ltda)

 

 

Crédito: Juliana Nunes | Jornal NH

07 de Dezembro de 2021

Compartilhar

Este site utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência, de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.


Concordo